CHAMADOS DO CORAÇÃO

Como pulsa o seu coração?

Costuma escutá-lo com atenção?

A sua ligação superior faz-se por intermédio dele. Todas as decisões que toma, se forem pelo nosso órgão mais pulsante, estão sempre certas; apesar de às vezes entrarmos com o julgamento e acharmos que não, mas mais tarde ou mais cedo, revela-se como o melhor para e de nós.

Porque nos custa tanto acreditar na nossa intuição?

Não é mais nada a não ser, o chamado do nosso coração.

Refreamos as nossas acções, só porque sentimos que temos de agir de acordo ao que amamos fazer; onde amamos estar; com quem amamos, etc.

Porque bloqueamos isto enquanto seres pulsantes? Porque não nos deixamos pulsar genuinamente?

Entramos nos medos e no que os outros possam dizer, ou seja, os julgamentos sociais e aquilo que socialmente ou ancestralmente nos foi incutido e printado na nossa alma e na nossa forma de ser e agir. 

Temos de anular isso, mediante faça sentido para nós na altura e nos sintamos preparados para seguir em frente.

Um grande bem haja. Sempre ao dispor.

Namastê,

Miguel Ludovice